ÉRAMOS JOVENS

terça-feira, 20 de julho de 2010

O Santiago existe!

E não é o do chile, hein!
DIA 08/07/2010
Então pessoas, começo julho feliz da vida... mais feliz. No domingo 04/07 recebo um telefonema de madrugada. Madrugada para mim é 11 da manhã! Quando ouvi aqueles sons que mais me lembravam vuvuzelas quase infarto, pois com o silêncio na casa o toque dos aparelhos telefônicos parece ultrapassar os decibéis aceitáveis. Isso sem falar que eu já tinha topado um dedinho do pé contra um sofá de uns 70 quilos... olha a covardia! E eu corria para desligar o som que despertou! Olha como uma só pessoa consegue fazer uma confusão da disgrama!
Ao telefone a voz de quem? Do Santi, gente! Eita, ferro! Meu amigão. Meu incentivador a escrever tanta besteira! Ele e Malu em Sampa para uma semana de orgasmos culturais! Kkkkkkkkk
E só para variar, não sei que raio tanto faço que não consigo fazer o necessário! MD! De terça a quinta ficamos procurando lugar para passar uns dias, uma colônia, um hotel, um buraco... nada .. tudo lotado. Aí chegou a quinta não dava mais para adiar. Segunda vez que Malu e Santi vem a SP, seria sacanagem não vê-los aos dois, né? Iam voltar para o Paraná na sexta. Liguei e estavam na Penha.. e lá fui eu meia noite.
O legal é que de fato parecia estar revendo e não conhecendo. Reconhecemos-nos de longe, a aprendiz e o mestre finalmente se abraçaram depois de 8 anos de amizade virtual. Uma amizade onde eu falava da minha familia, ele da dele.. a Mariana que foi sua primeira neta, acho que eu fui a primeira pessoa "estranha" a qual ele enviou a foto.. o trabalho no hospital, a assessoria de imprensa e hoje finalmente, o seu jornal.
GENTE, ISSO É LINDO DEMAIS.
Aí sim está o lado bom e verdadeiro da net. Dos e-mails, dos chats! Somos de um tempo de escrever e-mail's, de enviar músicas de realmente CONVERSAR via internet, algo que como já citei, caiu na vala comum, na banalização.
O tempo, nesta quinta feira era curto, e tinha muito assunto fui com eles até o hotel, subimos e descemos a paulista, a brigadeiro, tiramos fotos rimos muito.
Malu que conheço há 3 anos é exatamente o que eu imaginava: uma menina mulher. Par perfeito para meu amigo Santi.
Pois com tudo que ele passou, que ainda vou relatar aqui, e se não publicar estará nos meus documentos, este merece tudo de bom nesta vida. Eu nasci ele já tinha 16 anos e já vivia na esbórnia, na militância, na guerra armada... poxa; eu conheço um mito!!! Merece continuar escrevendo, tocar seu sonho que é o jornal. E Malu realmente, tem que ter muita paciência, pois meu amigo é todo estressadinho!
Só para adiantar a importância do Santi em minha vida, ele é um divisor de águas para mim, para minha mente. Ele me incentivou a fazer o que eu havia deixado de lado, que é escrever! Puxou a abestada que estava dormindo dentro de mim, risos.. e olha aí! Sempre me jogando para cima, dizia: “você é uma jornalista e não quer me dizer”, “você escreve muito e muito bem”. Que bom.. pois muitos até acham isso, mas não querem falar, não sei por que, ao invés de incentivarem ficam com inveja! Kkkkkkk
Minha melhor terapia é uma folhinha!
E voltando ao Santi, não tenho mais o que falar. Pois o melhor de nosso encontro não está nas fotos, está na emoção, na alegria! E isso não dá para traduzir em palavras. Fica aqui apenas o registro desta data tão importante para mim e para ele.
Um beijo, crianças.
LOYRA

3 comentários:

Santiago disse...

Existo e te AMO

Blog da Gazeta Maringaense disse...

Linda homenagem, mas você é uma dessas pessoas que marcam, que acrescentam e que fazem a diferença.
Obrigada pela recepção, pelo carinho e pelas lindas palavras. O Santiago adorou e escreveu um post para você. Veja "Gilda", lá no blog.
Beijos!!!
Malu

JOÃO CARLOS RODRIGUES DA CUNHA disse...

Oi Gilda ou neném! Essa postagem que Santiago é no Chile, foi boa hein! Será que foi uma indireta pra alguém. Me entendeu? Bjsss.